Share Facebook Share Twitter
museus e património cultural da área metropolitana do porto

Pin - Área Metropolitana do Porto

Há um recinto arborizado com austrálias e carvalhos, delimitado por um muro rústico. Isto porque é por aqui que passa a romaria anual dedicada ao Bom Jesus, padroeiro do templo. E também há uma nascente para matar a sede. É só descer até à zona mais baixa do recinto.
Propriedade da Confraria de Santa Cruz, esta capela terá sido edificada em finais do século XVII. Tem uma fachada muito simples. E cruzes latinas, em granito, a coroar os remates da nave e da sacristia. Sobre os telhados reinam pináculos que terminam em forma de circunferência. A fachada principal é encimada por uma janela central, gradeada. Nas fachadas laterais foram também abertas portas de entrada e janelas que iluminam a capela-mor.
O arco cruzeiro foi pintado de forma tosca. Os altares laterais, em de talha dourada, são dedicados a São Francisco e Santo António. A parede em volta do arco e dos altares colaterais é em talha dourada e policromada. O espaço da capela-mor está coberto por uma abóbada de caixotões de madeira pintados e dourados.
Antes de abandonar o recinto, no ponto mais elevado, não deixe de ver o cruzeiro. É de aparência simples e está assente num plinto cúbico sobre uma plataforma quadrada de três degraus.



+ INFO

INFORMAÇÃO GERAL

FREGUESIA
Burgães

SUBCATEGORIA
Capela

CRONOLOGIA
Século XVII

ACESSO MOBILIDADE REDUZIDA
Razoável

HORÁRIOS

ABERTURA AO PÚBLICO
Visitável apenas pelo exterior | horário livre

Para obter o seu roteiro no mapa, indique a sua posição clicando na seta à esquerda e de seguida seleccione o meio de transporte que deseja utilizar
Burgães, Santo Tirso • (+351) 252858145
Ver arquivo DGPC
Gps 41.336311 , -8.437942
adicionar ao roteiro
x

#{text}